Posted by Leonardo Varini / No comments

1 de dezembro de 2017

Dicas de Como Fazer sua Cerveja Artesanal

Posted in Fabricação, Todos

O que segue é uma receita explicativa de como fazer uma cerveja ale de boa qualidade.

Por que uma ale?

Porque é a cerveja mais simples de ser feita.

Existem dois tipos básicos de cerveja: ales e lagers.

Ales podem ser feitas num período de tempo relativamente mais curto e em temperatura ambiente. Lagers requerem mais tempo (um mês ou mais) e temperaturas mais frias.

Fazer cerveja é simples e complicado, fácil e difícil.

Comparando com o ato de pescar: sente-se na borda de um píer com uma lata de minhocas e uma vara de pescar e você vai pegar um peixe. Quando você decide pescar um tipo de peixe específico, pescar fica complicado.

Fazer um tipo específico de cerveja pode ser complicado também.

Existem muitos estilos diferentes de cerveja e várias técnicas para fermentá-las.

Fazer uma cerveja é a combinação de diversos tipos de processos simples.

# 1 – deve-se misturar os ingredientes e fazer com que a solução (mosto) levante fervura.

# 2 – deve-se esfriar o mosto até a temperatura de fermentação.

Em seguida, o mosto é transferido para um fermentador e a levedura é adicionada.

# 3 – Depois da fermentação, usando um sifão, a cerveja é separada dos sedimentos de levedura e engarrafada com um pouco de açúcar extra para proporcionar a carbonatação.

Estes são três passos simples, mas há três coisas importantes que devem ser lembradas toda vez que você fizer uma cerveja:

– Limpeza,

– Preparação e

– Manutenção de um Bom Registro.

Limpeza – Limpeza é a preocupação principal de um cervejeiro. Prover boas condições de crescimento para a levedura no mosto quer dizer prover uma condição boa para outros micro-organismos, especialmente para a levedura selvagem e bactérias. A limpeza para prevenir contaminação deve ser mantida durante todas as etapas dos processos de fermentação.

Preparação – Não se apresse ao preparar sua área de trabalho. Tenha os ingredientes no balcão. Prepare sua levedura. Tenha a bacia de gelo pronta para esfriar o mosto quando ele tiver terminado de ferver. Certifique-se de que todo o equipamento esteja limpo e pronto para ser usado, antes de começar. Paciência e planejamento são necessários.

Manutenção de um Registro – Sempre mantenha boas anotações sobre quais ingredientes, quantidades e tempos foram usados durante o processo de fermentação. Você deve poder repetir os bons lotes e aprender com os ruins.

Fonte: Jean-Claude Christophe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.